CARTA ABERTA AOS ESTUDANTES - Aprovada no II FÓRUM NACIONAL DOS ESTUDANTES DE ARQUIVOLOGIA

Às vésperas da abertura do IV CNA sediado na cidade de Vitória, capital do Espírito Santo, foi realizado o II Fórum Nacional de Estudantes de Arquivologia com o objetivo de discutir a atuação do Movimento Estudantil Nacional de Arquivologia e um balanço político da Executiva Nacional dos Estudantes de Arquivologia – ENEA.

Por inúmeros fatores de ordem logística e política, o Fórum teve baixa mobilização e participação, o que de início provocou uma análise crítica e profunda a cerca do ME Nacional de Arquivologia elevando o debate com o seguinte questionamento: Pra que ENEA?

A partir deste ponto tentamos elencar pontos positivos e pontos negativos da Executiva, o que não era inédito em um fórum como este, mas se mostrava necessário diante da atual conjuntura.

Percebe-se que a ENEA sofre uma grande deficiência na comunicação entre os seus diretores, conseqüentemente e entre a base sobre a sua atuação. Mas que atuação?

Fica aparente que, a comunicação é fruto da ação. Quando pecamos na ação ou na falta dela, deixamos a desejar na organização como um todo, no que tange as discussões, as práticas, teorias, propostas e idéias. Não teremos êxito em nossos objetivos se não articularmos bem esses pontos. Mas, que objetivos?

A falta de diretrizes claras capazes de medir a importância da Arquivologia enquanto ciência ou instrumento para solucionar problemas existentes e problemas que ainda não existem em um cenário onde a informação é crescente e tende cada vez mais em ser o elemento essencial para o bom andamento de qualquer organização e de toda produção de conhecimento.

Diante disso, que ensino queremos para as Faculdades de Arquivologia do Brasil?Será que estamos caminhando rumo ao ensino de excelência que atenda as demandas e necessidades da sociedade e do mercado nacional?

Podemos perceber que ainda temos pendentes essas questões fundamentais para que o ME de Arquivologia entre em harmonia e encampe suas bandeiras de forma organizada e efetiva no cotidiano da categoria.

Contudo, avaliamos que a existência de estruturas e espaços já conquistados por nós, estudantes e arquivistas e a própria realização deste fórum com a presença de representantes de Centros Acadêmicos, da ENEA e profissionais Arquivistas, mostra que de fato temos condições reais de elevar está matéria a nível nacional com uma organização capaz de estimular a Arquivologia a ocupar o seu espaço no tamanho e importância reconhecido por nós e as diversas áreas do conhecimento, identificando os estudantes como potenciais protagonistas deste movimento de mudança e crescimento!

Estamos hoje convencidos de que o nosso desafio é grande e que as expectativas são muitas e por isso, defendemos e estamos dispostos a construir um próximo ENEARQ que aglutine e supere essas questões essenciais para que o Movimento Estudantil de Arquivologia se fortaleça e cresça!

Mas para tal é preciso da confiança e principalmente a participação de todos neste processo que se inicia à partir do IV CNA.

Queremos expressar a importância dos estudantes ocuparem os Centros e Diretórios acadêmicos das Universidades e levarem as questões necessárias para o crescimento do ME nacional de Arquivologia nesses espaços somar-se a articulação nacional através da ENEA.

ENEA Secretaria Geral

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Um comentário :

Arquivista.org disse...

Gostaria de convidá-los a conhecer o projeto Arquivista.org (www.arquivista.org) e o evento nacional que está sendo organizado, o Dia A!. Estes projetos foram desenvolvidos em função das deficiências de comunicação, formação tecnológica e visibilidade profissional da Arquivologia, as quais, acredito, cristalizam nosso principal desafio. Espero que todos os estudantes e profissionais possam acompanhar e, principalmente, participar destas iniciativas.

Um grande abraço,

A. Daniel
Graduando de Arquivologia da UFF
Analista de sistemas
Coordenador do projeto Arquivista.org