Mensagem de apoio e carinho ao acadêmico Leandro Nunes e estendido aos demais alunos e professores do Curso de Arquivologia da Universidade Federal de Santa Maria. 

          Leandro Nunes da Silva, um estudante de arquivologia entre outros centenas espalhados por esse Brasil. Na madrugada do dia 27 de Janeiro de 2013, se tornou um herói. Um herói que jamais iremos esquecer. O incêndio começou, ele conseguiu sair, mas, assim como outros, voltou para resgatar os demais jovens presos.
Em um Brasil no qual jovens são a todo o momento desafiados a lutarem por suas próprias vidas, é no mínimo impressionante e comovente, grandes mártires juvenis, de forma enérgica, darem a própria vida pelo o outro.

            O Brasil está de luto, em todas as cidades e em cada canto desse país as manifestações são de profundo choque e tristeza. A Arquivologia está de luto. A juventude arquivística se coloca no lugar de cada amigo que aqui está. Somos jovens, festeiros, felizes; exalamos vida... Temos sede de viver, sede de vencer. Estamos crescendo... A faculdade é a nossa grande escola da vida... É nela que construímos amizades maduras que levaremos pra sempre, adquirimos conhecimentos profissionais, vivemos experiências únicas. É nela que concluímos a fase de experiências, onde nos é permitido errar, onde somos cobrados, onde temos o mundo nas mãos e onde aprendemos a conquistá-lo. E só de pensar que sorrisos não darão o ar de sua mocidade, trejeitos não mais arrancarão risadas, grandes sonhos e objetivos não serão mais apoiados, ficamos envoltos de uma completa nostalgia embalada de fumaça e dor.     
Muitos de nós passamos por dificuldades, que não tem sentido ou qualquer explicação. Somos simplesmente eleitos para passar por provas, não digo provas de final de período, digo provas da vida. O Leandro foi um desses. Responsável, cuidava da mãe e dos irmãos, com muito carinho. Quem o conhecia sabe o amor que ele tinha por sua família. Apesar das dificuldades isso nunca o impediu de sorrir. Podemos perceber sua alegria contagiante pelas fotos. Os amigos aqui presentes, com certeza possuem em suas memórias inúmeras historias engraçadas, fatos e narrativas que falam e muito sobre esse gaúcho de apenas 21 anos.
            A tristeza é inegável e a dor inevitável. O silêncio nunca foi tão insuportável. Nesse momento, somos todos um. Unidos por um único sentimento, o da saudade. Que falta irão fazer esses sorrisos, essas energias, essas luzes, esses sonhos...
            Por um deslize trágico, jovens como o Leandro, cessaram-se.  Lembramos que os jovens são criaturas indomáveis, incisivos, e jocosos... Possuem um interior que dificilmente é ofuscado e que sempre enfrentam os seus desafios. Não nos depararemos mais com moços e moças que correm, nos depararemos, mesmo que não visivelmente, com jovens que voam!

            É com extremo pesar e tristeza que a Executiva Nacional dos Estudantes de Arquivologia se despede, em nome dos estudantes de arquivologia de todos país, de Leandro Nunes da Silva.

            Foi uma honra tê-lo como colega, amigo e futuro profissional. Que seu exemplo de coragem permaneça nas lembranças de todos nós.

            Conforto aos familiares, amigos e muita força para Santa Maria.

            Descanse em paz e com e certeza de dever cumprido.

ENEA
30/01/2013

ENEA Secretaria Geral

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário :